D S T Q Q S S
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      
Webmail antigo

 

 

 

 

 

 

 





 


03/10/2006 - Eleições dominam debates na Alepa


Em 03 de outubro de 2006

A Assembléia Legislativa retornou hoje (03) às atividades normais em clima de ressaca eleitoral a ponto de não conseguir registrar quorum na 2ª parte da Ordem do Dia, quando as matérias são discutidas e votadas e que exige a presença de, no mínimo, 21 dos 41 deputados. Apenas 19 estiveram presentes à sessão, o que não chegou a surpreender o presidente da Casa, deputado Mário Couto (PSDB).

Dos parlamentares presentes ao plenário, 11 foram reeleitos e dois eleitos, no caso Arnaldo Jordy (PPS) e Deley Santos, agora no PV, e que antes ocupavam o cargo de suplência. Jordy entrou na vaga deixada pelo deputado Denimar Rodrigues (PMDB), que em 2004 foi eleito prefeito do município de São Felix do Xingu, enquanto Deley Santos assumiu a vaga deixada por Hélio Leite (PMDB), eleito prefeito do município de Castanhal.

Em entrevista à Imprensa, Mário Couto disse compreender a ausência dos deputados e deputadas derrotados nas urnas e que já previa a falta de quorum. “Hoje é um dia triste para alguns deputados, que estão chateados e até constrangidos. Mas isso é natural”, ponderou o presidente da Alepa, que lamentou que entre os 35 deputados que tentaram a reeleição 15 não tenham obtido êxito. “Vamos sentir a ausência deles, porque entre eles há muita gente capaz”, afirmou Couto.

O total de renovação no Legislativo Estadual alcançou 43,91%, com a eleição de 18 novos deputados. Outros 23 foram reeleitos. Já a deputada Araceli Lemos (Psol), que foi candidata à deputada federal, e Mário Cardoso (PT), candidato ao Senado Federal, não conseguiram votos suficientes nessas eleições. O inverso ocorreu com Mário Couto, que obteve uma vitória expressiva na corrida ao Senado. Ainda entre os 41 deputados, três não disputaram o pleito: Eulina Rabelo (PFL), Zeca Araújo (PSDB) e Zé Carlos Antunes (PP).

Mário Couto avaliou que o índice de renovação na Assembléia Legislativa foi um dos mais baixos dos últimos tempos. Em 2002, por exemplo, 21 deputados conseguiram se reeleger. Já neste ano, mesmo quem conquistou um grande número de votos não conseguiu vaga no Legislativo, por conta do quociente eleitoral. O deputado Airton Faleiro (PT), por exemplo, teve 25.271 votos; o deputado Pio X (PDT), 24.899; e o deputado Bira Barbosa (PSDB), 24.235. Número de votos superior ao de 9 outros candidatos que conseguiram se eleger ao parlamento.

As eleições mantiveram o PSDB com a maior bancada na Alepa, com 9 deputados. Atualmente, são 11. Não conseguiram se reeleger os deputados Faisal Salmen, Elza Miranda e Bira Barbosa. As bancadas do PFL e do PTB também sofreram baixa. O PFL é formado hoje por 5 deputados e ficará com 4, e o PTB tinha 4 deputados e ficará com 3. Não conseguiram êxito nas urnas os deputados Pio Netto (PTB) e Cipriano Sabino (PFL).

Por outro lado, foram dois deputados pefelistas que conquistaram o maior número de votos: Luiz Afonso Sefer, o campeão, com 61.700 mil votos, seguido de perto por Márcio Miranda, com 60.390 votos.

Outro partido que ficou desfalcado no Legislativo Estadual foi o PC do B, que não conseguiu reeleger para o terceiro mandato a deputada Sandra Batista, até hoje a única comunista a ser eleita para a Assembléia Legislativa. Já o PRB terá seu primeiro representante na Casa, Roberto Santos.

Já as bancadas do PT e do PMDB, antes formadas por quatro deputados, cada uma, conseguiram aumentar sua representatividade. Tanto o PT quanto o PMDB serão formados, também cada um, por 6 deputados. (Veja abaixo como ficará a formação das bancadas a partir de 2007).

Alegria e tristeza no plenário

Para os deputados que se despedem da legislatura estadual, o espaço na tribuna na sessão de hoje foi de agradecimento pelos votos obtidos e a certeza de terem cumprido seus papéis como legisladores. O primeiro a usar a palavra foi o deputado José Carlos Antunes (PP), que não se candidatou nessas eleições até para não ser adversário do próprio irmão, o vice-prefeito de Belém, Manoel Pioneiro (PSDB), que teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Manoel Pioneiro recorreu e aguarda por uma decisão final. Antunes assegurou que o irmão, que obteve mais de 63 mil votos nas urnas, não perdeu a esperança de assumir o cargo no Legislativo e está em Brasília resolvendo a questão. Ao falar da tribuna, Antunes recebeu apoio dos deputados José Megale (PSDB), Joaquim Passarinho (PTB) e Alessandro Novelino (PSC), que foram reeleitos.

Também da tribuna, o deputado Artur Tourinho, líder do PMDB, lamentou a derrota que sofreu nas urnas, e aproveitou a oportunidade para denunciar caso de agressão de uma de seus familiares na hora da votação. “Um fanático torcedor do Paysandu quase agrediu minha esposa, na hora que ela foi votar”, reclamou o deputado.

A deputada Suzana Lobão (PL), que também não conseguiu a reeleição, parabenizou os parlamentares reeleitos, para depois contemporizar. Disse que a renovação no parlamento é sempre salutar e que faz parte do processo democrático. Ao mesmo tempo, Suzana demonstrou preocupação com o que considera falta de interesse do povo, refletido no grande índice de abstenção – 824.057 no Pará, correspondendo a 19,82% do eleitorado.

“Agora vou segui na minha carreira de farmacêutica e bioquímica, mas não deixarei de defender os interesses do nosso Estado”, declarou a deputada, acrescentando que continuará a lutar pela vitória em 2° turno do candidato Almir Gabriel (PSDB), da Coligação União pelo Pará, ao Governo do Estado.

O deputado Pio Netto (PFL) é outro que, no final de janeiro de 2007, se despede do Legislativo Estadual. “Eu perdi muitos votos no seguimento esportivo, mas vamos continuar trabalhando. Em janeiro me reapresento à Polícia (Civil) e volto a atuar na imprensa”, disse ele, que ainda está indeciso quanto seu ao futuro político.

Mesmo eleito com 22 mil votos, o deputado Arnaldo Jordy (PPS) reclamou do processo eleitoral. Disse que as eleições foram marcadas pela descrença popular, ocasionada pelos escândalos políticos e também pelo uso do dinheiro público nas eleições, que, para o deputado, não tiveram as irregularidades acabadas com a minirreforma política.

Já para o deputado André Dias (PSDB), o quarto com o maior número de votos, o processo eleitoral “foi justo e igualitário”, permitindo que o povo conhecesse melhor o candidato. “A eleição foi diferente por causa das novas regras. As pessoas puderam nos analisar melhor; foi um trabalho corpo a corpo, um exemplo de aperfeiçoamento da democracia”, defendeu André Dias.

Composição das bancadas na Alepa em 2007

PSDB

Ana Cunha (reeleita)
André Dias (reeleito)
Bosco Gabriel (reeleito)
Cezar Colares (reeleito)
José Megale (reeleito)
Tetê Santos (reeleita)
Suleima Pegado (eleita)
Ítalo Mácola (eleito)
Alexandre Von (eleito)

PT

Valdir Ganzer (reeleito)
Regina Barata (reeleita)
Carlos Bordalo (reeleito)
Bernadete Ten Caten (eleita)
Miriquinho Batista (eleito)
Carlos Martins (eleito)

PMDB

Antônio Rocha (reeleito)
Luís Eduardo Anaice (reeleito)
Francisco das Chagas Melo Filho – Chicão (eleito)
Domingos Juvenil (eleito)
Simone Morgado (eleita)
Parsifal Pontes (eleito)

PTB

Joaquim Passarinho (reeleito)
Eduardo Costa (reeleito)
Júnior Ferrari (reeleito)
José Robson do Nascimento – Robgol (eleito)

PFL

Luiz Afonso Sefer (reeleito)
Márcio Miranda (reeleito)
Haroldo Martins (reeleito)
Josefina Carmo (eleita)

PDT

Martinho Carmona (reeleito)
Luís da Cunha (reeleito)

PV

Gabriel Guerreiro (eleito)
Deley Santos (eleito)
*Ambos os deputados entraram como suplentes na Assembléia Legislativa, no atual mandato, sendo que Gabriel Guerreira já conta com longa experiência parlamentar, tendo ingressado na vida política em 1982.

PPS

Arnaldo Jordy (eleito)
João Salame Neto (eleito)

*Arnaldo Jordy também entrou na atual legislatura como suplente.

PL

Adamor Aires (eleito)
Júnior Hage (eleito)

PP: Zé Neto (reeleito)
PSC: Alessandro Novelino (reeleito)
PSB: Cássio Coelho Andrade
PRB: Roberto Santos

fonte: Tiana Moraes - DRT/PA 1.575


Outras Notícias

Presidente apresenta projeto que anistia lideranças dos policiais e bombeiros militares -

Deputados discutem futuro do aeroclube do Pará -

Departamento de Bem Estar faz programação na Semana Mundial da Saúde -

Legislativo celebra a Páscoa -

Aprovado projeto que valoriza agentes de combate às endemias -

Projeto quer campanha anti-bullying nas escolas -

Vereadores bragantinos participam de reunião da CPI da Telefonia -

CPI da Telefonia altera agenda de oitivas -

Deputados participam de negociações que põem fim à greve da PM -

Festival de Iemanjá é aprovado como Patrimônio Imaterial -


O deputado Márcio Miranda (DEM) assumiu a presidência da Assembléia Legislativa, após a eleição da nova Mesa Diretora. Márcio Miranda era o líder do Governo na Alepa e passa a comandar o Poder Legisla ...

 


Relatórios de Investigações


Assembléia Legislativa do Estado do Pará, Rua do Aveiro,130 Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha CEP: 66020-070
PABX: (0XX91) 3213-4200
© 2008 - CPD ALEPA. Todos os direitos reservados.