Notícia

Deputados recebem presidente da Cosanpa para esclarecer reajuste tarifário

11/09/2019 16h37 - Atualizada em 11/09/2019 16h40
Por Dina Santos - AID - Comunicação Social

Ampliar imagem
Ampliar imagem
Ampliar imagem
Ampliar imagem
Ampliar imagem
Ampliar imagem

Os deputados receberam o presidente da Cosanpa, José Antônio de Angelis, nesta quarta-feira (11/09), em uma reunião almoço, para esclarecer dúvidas sobre um possível reajuste tarifário no abastecimento de água em Belém.

A polêmica foi iniciada com o pedido do deputado Thiago Araújo para a realização de uma Sessão Especial sobre o assunto. "Houve uma nota técnica da gestão anterior da Cosanpa em que se colocava possíveis aumentos propostos de 96% que ocorrerão de maneira linear na estrutura tarifária em relação ao custo da água para o cidadão de Belém", explica o deputado. "Hoje sabemos que não há essa disposição, a direção da companhia de saneamento mudou e há apenas um estudo apontando a defasagem na tarifa, que deve ser avaliada pela Agência Municipal de Água e Esgoto – AMAE, que é quem faz a regulação da prestação deste serviço", disse o deputado.

O presidente da Cosanpa, José Antônio de Angelis, explicou que apenas 40% das residências em Belém possuem hidrômetro para medir o consumo de água. "Nos outros 60%, a cobrança é por taxa, calculada de acordo com o tamanho da casa e a quantidade de pontos de saída de água".

Segundo ele, "o reajuste tarifário é uma questão legal de nosso contrato junto à prefeitura, o reajuste financeiro e uma recuperação da defasagem. Mas o valor, quem vai definir é a agência reguladora. Vai ter uma reunião do conselho que vai definir qual vai ser o índice real aplicado", disse De Angelis. "Os últimos reajustes foram de 35%, parcelados em 3 vezes e depois de 12%, mas não sei quanto será aplicado agora", destacou.

Os deputados presentes na reunião - Júnior Hage, Toni Cunha, Carlos Bordalo, Chicão, Thiago Araújo, Ozório Juvenil, Marinor Brito e Eliel Faustino – pediram ao presidente da Cosanpa o envio do planejamento de ações e investimento da companhia de saneamento, para que possam acompanhar o que está previsto para melhorar o serviço prestado à população. "Já temos em andamento mais de um milhão previstos para investimentos de novos locais onde vai ter redes de água, sistemas de tratamento, melhorar nossas instalações para dar um atendimento com mais quantidade e melhor qualidade de água para a população", garantiu o presidente da Cosanpa.

O deputado Thiago Araújo, que pediu a realização da reunião, lembrou que os parlamentares aprovaram autorização para o Governo fazer empréstimo de 78 milhões de reais para investimentos na Cosanpa. "Quero deixar claro que nós somos favoráveis à recuperação e desenvolvimento da Cosanpa, por conhecer a defasagem que existe. Entendo a necessidade de pensar em reajuste tarifário, mas era necessário esclarecer essa questão por que houve uma nota técnica emitida pela diretoria anterior em que se falava em 96% de reajuste, o que não era razoável. Fico feliz em saber que essa ideia mudou e que caberá ao conselho do município e a agência reguladora decidirem o possível reajuste", avalia o parlamentar.

Sessão Especial-  Mesmo com a reunião desta quarta-feira, uma Sessão Especial para debater o possível reajuste tarifário da Cosanpa foi marcada para esta quinta-feira (12/09). A Sessão terá a participação de representantes da Agência Municipal de Água e Esgoto – AMAE, que é quem faz a regulação da prestação deste serviço; da Cosanpa, que é quem faz a execução deste serviço para a sociedade; e representantes da Sociedade Civil.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas

Todos os Direitos reservados | 2019