19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Nova Mesa Diretora da Alepa contará com três deputadas

23/12/2020 16h35 - Atualizada em 23/12/2020 9h38
Por Andrea Santos - AID Comunicação Social

As mulheres têm crescido em diversos campos de atuação. Uma conquista recente foi no pleito deste ano, em novembro. Foram eleitas, 27 mulheres para a gestão dos anos de 2021 à 2024. No Parlamento Estadual o número dessa conquista só aumenta. A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), eleita no último dia 15 de dezembro, para o biênio de 2021 a 2022, terá três parlamentares.

A Mesa Diretora é responsável pela direção dos trabalhos legislativos e dos serviços administrativos da Casa. Compõe-se de Presidência: Presidente e dois Vice-Presidentes - e de Secretaria, composta por quatro Secretários.Deputada Nilse Pinheiro

Eleita para a nova composição da Mesa Diretora, a deputada professora Nilse Pinheiro assume em fevereiro o cargo de 1º Secretária. Ela já preside a Procuradoria Especial da Mulher do Poder Legislativo É natural de Belém do Pará e graduada em Enfermagem, com especialização em obstetrícia pela Escola de Enfermagem Magalhães Barata. Iniciou sua vida pública ainda na juventude, aos 14 anos. Desenvolve projetos sociais e pedagógicos junto às comunidades carentes há 30 anos em toda Região Metropolitana de Belém. Na política, exerce um trabalho há 11 anos.

A parlamentar é a mais nova integrante da Mesa Diretora da Casa. A professora Nilse fala da conquista da mulher na Alepa. "A mulher tem alcançado o seu espaço na Alepa, um dos nossos êxitos foi a bancada feminina, um ganho para o Estado. Logo em seguida, tivemos a aprovação da Resolução da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Pará. São progressos que buscamos há um bom tempo, prova disso foi a eleição deste ano com um número expressivo", destacou. Sobre o seu cargo de 1ª secretaria junto à Mesa Diretora, a deputada disse: "Sem dúvida nenhuma, eu reafirmo meu compromisso com a pauta do empoderamento feminino, de anos de luta das mulheres que nos anteciparam. Como 1ª secretaria, agradeço ao presidente eleito desta Casa, deputado Chicão, que teve a sensibilidade de construir uma chapa paritária. Isso é a valorização da mulher e sei da responsabilidade do cargo", completou.Deputada Dilvanda Faro

"Vivo um momento ímpar para a história desta Casa de Leis que, pela primeira vez, elegeu dez deputadas estaduais. Somos representantes das mulheres paraenses, lutamos por melhorias e garantia de direitos. Juntas, criamos à Procuradoria Especial da Mulher e a Frente Parlamentar Feminina. Em 2021, seremos três parlamentares na Mesa Diretora, dando voz às pautas femininas e tomando decisões políticas para melhorar a vida dos paraenses. Pela segunda vez, estarei como membro da Mesa Diretora. No biênio de 2019 à 2020, estive como 3ª secretária, gestão presidida pelo deputado Drº. Daniel Santos. Fiquei extremamente feliz em poder fazer parte da chapa única para o próximo biênio -2021/2022. Somos três mulheres na Mesa, desta vez, atuarei como 2ª secretária. Nosso trabalho será ccomo sempre foi, pautado na transparência e responsabilidade", disse a deputada, Dilvanda Faro que é natural do município de Bujarú/PA. A parlamentar cursa
Biomedicina pela Universidade Católica de Brasília.Deputada Michele Begot

Pela segunda vez integrante da Mesa Diretora, a deputada Michele Begot, nascida em Belém, é professora e também graduada em Serviço Social. A parlamentar esteve à frente da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social do município de Marituba.

"Em fevereiro de 2021, iniciaremos o novo ano do Legislativo. Ser mulher e fazer parte da Mesa Diretora é uma honra. Agradeço aos meus pares que nos confiaram essa missão, que não é fácil. As mulheres estão cada vez mais fazendo parte da política deste Estado, sou grata a Deus, serei a primeira mulher a ser presidente desta Casa, mesmo que num período curto, mas estarei exercendo a função com muito respeito aos que confiam no meu trabalho. Contribuirei no que for possível para o bom andamento dos trabalhos da Alepa", garantiu Michele Begot. "Num ano difícil que ainda passamos pude também ver o quanto a mulher consegue exercer com excelência vários papéis. Sou mãe, esposa e parlamentar, atuei na pandemia do novo coronavirirs em várias localidades do Estado, fazendo o que me foi atribuído. A mulher é sinônimo de superação, limites e desafios. A mulher, na maioria das vezes, se desdobra para dar o seu melhor, será assim que as três mulheres farão o seu trabalho na Mesa Diretora de 2021 à 2022", afirmou a deputada Michelle Begot que, estará à frente da presidência da Alepa durante o mês de janeiro de 2021.

As 10 deputadas na atual Legislatura da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) são um exemplo de conquistas femininas. Elas carregam em suas histórias batalhas em defesa de uma sociedade mais justa. Juntas, as deputadas representam 25% do total de parlamentares no Legislativo Paraense, condição legítima de voz e poder de voto na aprovação de proposições.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019