19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Feart, um legado de amor e dedicação às artes na Alepa

15/10/2021 20h17 - Atualizada em 15/10/2021 23h10
Por Dina Santos - AID - Comunicação Social

 

Criado em 1992, o FEART – Festival de Artes dos Servidores da Assembleia Legislativa do Pará, é o mais antigo festival de artes entre os poderes legislativos no Brasil e manteve as atividades ininterruptas até o início da pandemia.

São 29 anos de valorização dos talentos artísticos dos servidores do Legislativo Estadual e de apoio para reforçar a importância da economia criativa na área cultural, artística e geração de renda, além de ser uma atividade terapêutica.

Esse é o legado deixado pela servidora Davina Agenor Moreira Garcia, que faleceu nesta sexta-feira (15/10). Ela foi uma das idealizadoras do Feart e coordenou o festival desde o início.

A Secretária Legislativa Rebecca Hesketh presidiu o Feart nos anos de 2019 e 2020, que contou com o apoio do presidente Chicão. Ela recorda que Davina coordenava com muita maestria as oficinas, feiras e o Canta Feart. "Tem pessoas que se tornam eternizadas e a Davina é uma delas. Sempre vai estar em nosso coração, em cada oficina, em cada feira, em cada festival da canção, vai ter um pedacinho dela iluminando esses eventos", destaca Rebecca. "Senti muito orgulho e gratidão em tê-la ao nosso lado em todas as nossas ações. Que Deus balsamize o coração de seus familiares e conforte a todos nós nesse momento de separação", diz.

Rebecca Hesketh

Talento que atravessa gerações – Desde o início, a música sempre foi a mais requisitada e disputada pelos servidores da Casa. Então pensou-se em realizar um festival onde os servidores da Alepa pudessem mostrar também os seus talentos na arte do canto. Assim surgiu o Canta Feart, que no ano de 2019 realizou sua VII edição, a última antes da pandemia da covid-19. Nesse ano, o vencedor Renan Andrade, de 15 anos, filho de Rubão Andrade, servidor com 30 anos de Alepa, lotado na Inspetoria de Segurança.

Outro servidor que participou do Canta Feart foi Raimundo Nonato Macedo, que faz parte do quadro funcional da Assembleia Legislativa do Estado do Pará desde o dia 1º de abril de 1983. O servidor relembra, com muita felicidade, que já participou de uma edição anterior do Canta Feart e fez essa poesia baseada na letra da música que compôs para uma professora. "Não levei o prêmio na Alepa, mas fiquei grato pelo que pude escrever, foi de dentro do meu coração, escrevi com a alma, vale a pena participar", disse muito feliz, Raimundo Macedo.

Festival o ano todo – Para manter o Feart anualmente, com o festival da canção e a feira com trabalhos em artes plásticas, poesia e artesanato, Davina Moreira era fundamental. "No início, era ela quem conseguia patrocínios para o Feart, por meio de sua rede de relacionamentos com empresas", lembra o procurador da Alepa José Augusto Gambôa.
Ele trabalhou com Davina durante quase 20 anos na organização do Feart. "A preocupação era não deixar o festival parar, senão havia o risco de não ser retomado depois. Com isso, o Feart se tornou o mais antigo festival de artes nos legislativos estaduais e foi inspiração. Santa Catarina e Bahia chegaram a fazer festivais inspirados no nosso Feart", lembra Gambôa.


As oficinas de trabalhos manuais surgiram nesse contexto. "Foi uma forma de garantir as atividades durante todo o ano, com o apoio de parcerias e, principalmente, das gestões da Alepa ao longo dos anos", explica Gambôa. "O mais importante é que essas oficinas, além de manterem o Feart vivo, também proporcionaram aos servidores a oportunidade de aprender técnicas de artesanato e usar isso como uma fonte de renda extra. Esse aspecto foi um benefício para inúmeros servidores e aposentados da Alepa, graças à iniciativa de Davina", avalia.
Feart vai continuar – A perda de sua criadora não vai ser o fim do Feart. A atual coordenação do festival já pensa em formas de dar continuidade ao trabalho. "A Comissão do Feart continua, e a melhor homenagem que podemos fazer à Davina será manter o seu legado", finaliza Gambôa.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019