Dep Bordalo

Deputado Estadual - PT

Notícia

Bordalo propõe inclusão da disciplina Educação Ambiental nas escolas estaduais do Pará

07/06/2022 18h05 - Atualizada em 07/06/2022 18h06
Por Lilian Campelo - Assessoria Dep Carlos Bordalo
A proposta do projeto de indicação é promover o conhecimento e agentes formadores de mudanças pelo patrimônios naturais abrigados na Amazônia

Para fomentar a educação ambiental, o deputado Bordalo (PT) apresentou à mesa diretora, nesta terça-feira (07), na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) o Projeto de Indicação (PI) que incentiva a inclusão da disciplina Educação Ambiental na grade curricular das Escolas da Rede Estadual de Ensino.

Bordalo, registra na proposição, que os problemas ambientais vêm gerando intensa preocupação pelos danos causados à natureza e são decorrentes além da exploração da natureza, mas também de ações cotidianas das pessoas que tem intensificado continuamente a degradação do meio ambiente.

Para o parlamentar, inserir a disciplina Educação Ambiental na grade curricular é um importante instrumento de conscientização e reflexão aos alunos, para que haja uma mudança comportamental, buscando o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente, a partir de ações, concepções e mudanças de hábitos.

Leia Mais: Bordalo solicita PL que busca erradicar trabalho em condições análogas à de escravo

No Projeto, o parlamentar registra que a Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) deverá estabelecer o conteúdo e público alvo desta disciplina, bem como oferecer cursos acessíveis a todos os seus professores, capacitando-os a lecionar a matéria.

A proposição também direciona que a Educação Ambiental deve ser compreendida segundo definição registrada pelo CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), como o processo de formação e informação social orientado para buscar o desenvolvimento de consciência crítica sobre a problemática ambiental, compreendendo-se como crítica a capacidade de captar o fundamento e a evolução de problemas ambientais, tanto em relação aos seus aspectos biofísicos quanto sociais, políticos, econômicos e culturais.

Bem como o amadurecimento de habilidades e instrumentos tecnológicos necessários à solução dos problemas ambientais, além da promoção de atividades que levem à participação das comunidades na preservação do equilíbrio ambiental.

Bordalo- Preservação aliada à Educação

Segundo a Lei nº 9.795/1999 que dispõe sobre a Política Nacional de Educação Ambiental afirma que entende-se por educação ambiental os processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade.

Bordalo registra ainda no Projeto de Indicação que a educação ambiental é um processo participativo e contínuo da sociedade, que precisa ser implementado na educação básica, sendo fundamental para a formação da consciência crítica acerca dos problemas ambientais existentes.

Desmatamento

Segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), a floresta amazônica viveu em 2021 o seu pior ano em uma década. De janeiro a dezembro, foram destruídos 10.362 km² de mata nativa, o que equivale a metade de Sergipe.

Segundo o Instituto, os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Imazon, que monitora a região por meio de imagens de satélites. Somente em relação a 2020, ano em que o desmatamento na Amazônia já havia ocupado a maior área desde 2012, com 8.096 km² de floresta destruídos, a devastação em 2021 foi 29% maior.

Portanto, Bordalo reitera no PI que, a implementação da disciplina reflete a preocupação de instituições de ensino em se fazer este tipo de abordagem educacional, incorporando a temática ambiental nos currículos escolares como temas transversais, contribuindo para a formação de cidadãos conscientes e agentes de mudança, buscando principalmente uma relação mais harmoniosa com o meio ambiente.

* Os textos produzidos pelas assessorias de cada parlamentar são de responsabilidade de seus autores.

Entre em contato


Gabinete

...

Endereço:

Praça Dom Pedro II, 2 - Cidade Velha, Belém - PA, 66020-240


Telefone: (91) 3213-4298/4368

Endereço:

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha

CEP: 66020-070 Telefone: (91) 3213-4200

AID — Assessoria de Imprensa e Divulgação

Todos os Direitos reservados | 2019