Dep Bordalo

Deputado Estadual - PT

Notícia

Bordalo propõe Patrimônio Cultural de Natureza à maior faixa de manguezal do mundo

13/06/2022 13h57 - Atualizada em 13/06/2022 14h05
Por Lilian Campelo - Assessoria Dep Carlos Bordalo
Localizado em Bragança (PA), a maior faixa de manguezal possui uma extensão de 7.800 km2 e ultrapassa os manguezais da Índia e Bangladesh, até então os maiores do mundo

A maior faixa contínua de manguezal do planeta se encontra em Bragança, município do nordeste do Pará. Por ser uma área de extrema importância socioambiental, o deputado Bordalo é autor do Projeto de Lei (PL) n° 223/2022 que reconhece os Bosques de Mangue da Península de Bragança como Patrimônio Cultural de Natureza Material e Imaterial do Estado do Pará.

O PL foi protocolado à mesa diretora da última terça-feira (07) durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). Até 2005, o mundo acreditava que os manguezais da Índia e Bangladesh eram os maiores do mundo, mas após um mapeamento com imagens de satélites, foi verificado que a maior extensão de manguezais está na costa amazônica e onde se concentra, pelo menos, 80% dos manguezais do Brasil, distribuídos nos estados do Amapá, Pará e Maranhão.

Bragança está inserida na região que detém uma das maiores reservas de manguezais do mundo, totalizando 7.800 km2. Os manguezais são florestas inundadas pelas marés e ficam nas regiões costeiras, normalmente onde há o encontro de rios com o mar. A biodiversidade dos mangues faz que eles sejam chamados de berçário litorâneo, importantes para todo o ecossistema oceânico, bem como para a pesca silvestre e a biologia marinha, porém são um dos biomas mais ameaçados pela ação do homem.

A península de Bragança constituem bosques de manguezal. Estes manguezais desenvolvem-se atrás de praias e dunas, às margens das baías, em consórcio com restingas, nos estuários. Além disso, a importância da proteção das faixas contínuas dos manguezais para a região contribui para regular a temperatura da Terra, isso porque o solo deste ecossistema tem capacidade cinco vezes maior de absorver CO2 em comparação às florestas tropicais, contribuindo de forma significativa para a regulação do clima.

Leia mais: Bordalo solicita PL que busca erradicar trabalho em condições análogas à de escravo

BERÇÁRIOS

O manguezal é considerado um ecossistema costeiro de transição entre os ambientes terrestre e marinho. Característico de regiões tropicais e subtropicais, está sujeito ao regime das marés, dominado por espécies vegetais típicas, às quais se associam a outros componentes vegetais e animais.

O ecossistema manguezal está associado às margens de baías, barras, enseadas, desembocaduras de rios, lagunas e reentrâncias costeiras, onde haja encontro de águas de rios com a do mar, ou diretamente expostos à linha da costa. A cobertura vegetal, ao contrário do que acontece nas praias arenosas e nas dunas, instala-se em substratos de várzea de formação recente, de pequena declividade, sob a ação diária das marés de água salgada ou, pelo menos, salobra.

A riqueza biológica dos ecossistemas costeiros faz com que essas áreas sejam os grandes "berçários" naturais, tanto para as espécies características desses ambientes, como para peixes e outros animais que migram para as áreas costeiras durante, pelo menos, uma fase do ciclo de sua vida.

BORDALO E BRAGANÇA

Neste mandato, o deputado Bordalo realizou diversas ações para o município de Bragança. No campo da educação o parlamentar produziu moções solicitando à Seduc reformas e reparos nas escolas estaduais: Monsenhor Mancio Ribeiro, escola centenária; e a Escola Bolivar Bordallo.

Na área da economia, Bordalo apresentou uma moção que solicita ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (SEDAP) e da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, a extensão do Programa "Nossa Feira" para os municípios de Abaetetuba, Bragança e Irituia.

Ainda solicitou solicita, em caráter de urgência, a recuperação e conservação da Rodovia Federal BR-308 entre os municípios de Bragança e Viseu no Pará.

O projeto de lei n° 223 não é o primeiro no campo da cultura e patrimônio direcionado para Bragança. O deputado do Partido dos Trabalhadores (PT) articula com o Executivo para que a Estância Turística da Estrada de Ferro Belém-Bragança, seja revitalizada seja tombada.

 

 

* Os textos produzidos pelas assessorias de cada parlamentar são de responsabilidade de seus autores.

Entre em contato


Gabinete

...

Endereço:

Praça Dom Pedro II, 2 - Cidade Velha, Belém - PA, 66020-240


Telefone: (91) 3213-4298/4368

Endereço:

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha

CEP: 66020-070 Telefone: (91) 3213-4200

AID — Assessoria de Imprensa e Divulgação

Todos os Direitos reservados | 2019