• Item
    ...
Alto Contraste

Notícia

29/01/2024 | 13h50 - Atualizada em 29/01/2024 | 14h12

Castanhal, a cidade modelo, completa 92 anos de fundação

Reportagem: Shirley Castilho

Edição: Dina Santos

O município de Castanhal celebrou 92 anos de fundação no dia 28 de janeiro com uma roupagem inovadora. É um dos destaques do nordeste paraense, vem crescendo em todas as áreas e, hoje, nem se lembra que um dia foi conhecida como cidade dormitório. O Governo do Estado vem investindo no local, que hoje é considerado um corredor logístico para o escoamento da produção.

A população chegou a 192.262 pessoas no Censo de 2022, o que representa um aumento de 11,04% em comparação com o Censo de 2010.

A Cidade Modelo, como é conhecida, recebeu o Forma Assembleia Legislativa do Pará da Escola do Legislativo Paraense – Forma Alepa/Elepa em 2023, que beneficiou vereadores, gestores legislativos e servidores públicos.

A Procuradoria da Mulher na Alepa também se fez presente em Castanhal ano passado, quando lançou o projeto 'Caravana ProMulher', por intermédio da deputada Paula Titan.Deputado Chicão, presidente da Alepa, no FormaAlepa em Castanhal

Castanhal prosperou e o centro comercial se destaca, abrilhantando a Avenida Barão do Rio Branco, o principal corredor comercial da cidade. Muitas lojas abriram no local. As áreas periféricas da cidade, bairros onde o poder público estava ausente há muitos anos comemoram a chegada de benfeitorias como asfalto e iluminação. Mais de 14 mil pontos de iluminação foram recuperados e o asfalto, que hoje beneficia diversos bairros, é produzido na própria usina do município, que foi recuperada e reativada.

Como forma de gerar emprego e renda, o Governo Municipal tem o objetivo de tornar realidade o Distrito Industrial de Castanhal, um projeto que conta com a parceria do Governo do Estado. O Executivo Estadual entrará com parte da infraestrutura com a abertura de ruas, a definição de lotes e energia sustentável para atrair grandes empresas para Castanhal.

Qual é a história de Castanhal?

A história de Castanhal começou com a Estrada de Ferro Belém/Bragança, que foi responsável pelo seu primeiro período de desenvolvimento. Colonizadores cearenses, especializados no cultivo da terra, foram contratados pelo Governo Provincial para desenvolver a região, e assim, em 15 de agosto de 1899, a Vila de Castanhal foi criada oficialmente. E, através de um decreto-lei, assinado pelo Interventor Federal do Pará, Magalhães Barata, a vila se transformou em município em 28 de janeiro de 1932.

Castanhal dedicou-se ao comércio de maneira muito intensa, o que se transformou na sua principal atividade econômica. O município vem contribuindo para o abastecimento das cidades vizinhas, através da venda de utensílios, alimentos, ferramentas e material de construção. Atualmente a indústria também se destaca na sua economia. O polo industrial de Castanhal atua em diversos ramos como calçados, têxtil, pré-moldados, material elétrico e vestuário.

Pontos Turísticos

Catedral Santa Maria Mãe de Deus, que possui um mosaico de 300 metros quadrados montados no altar, feito com pedras raras e considerado o maior da América Latina e a Praça do Cristo Redentor, que é também um dos belos logradouros turísticos de Castanhal, com a estátua do Cristo, com 24 metros de altura que domina a área.

Praças da Igreja Matriz e Estrela, onde se exibe a locomotiva do trem que fazia a linha da antiga estrada de Ferro Belém/Bragança. A área possui espaço destinado às visitas e passeios, oferecendo aos visitantes estrutura gastronômica, espaço infantil, biblioteca e complexo cultural e esportivo.

A religiosidade dos moradores da Cidade Modelo fica evidente todos os anos, quando milhares de fiéis se juntam à Romaria de Nossa Senhora de Nazaré, que é considerada a segunda maior do Pará, com um cortejo de nove quilômetros de caminhada de muita fé e devoção.